A luta do negro

A história do Brasil

E sua colonização

Envolve gente de outras terras

Com seus costumes e tradições

 

 

O Continente Africano

Deu sua contribução

Vendendo negros para o Brasil

Formando assim a escravidão

 

 

O trabalho do escravo

Aumentava a produção

Na agricultura açucareira

E também na mineração

 

 

O trabalho era duro

E tinha grande punição

Eram marcados com ferro quente

Pra não fugir da escravidão

 

 

Começou com os quilombos

A luta contra a escravidão

E povo negro que sofreu tanto

Até chegar a abolição

 

 

Hoje já está mudando

Com a Conferência Nacional

Com uma política de promoção

Da igualdade racial

 

Melodia da Paródia: “Asa Branca”

2 comentários 16/06/2011

Pe. Anastácio – despedida

Quem disse que nossa paróquia

Não vai ter saudades e não vai sofrer

Com a saida de Padres Anastácio

Grande é a tristeza que nós vamos ter (2x)

 

 

Retalhos de nossas histórias, bonitas vitórias

Nosso povo tem, serviços e os movimentos

E as pastorais ele formou também

Ô, ô, ô, ô, se doou por amor (2x)

 

 

Coragem, vida oferecida

Nesta nossa terra, pedaço de chão

Buscando sempre nos mostrar

Que é em Jesus a Ressureição

Ô, ô, ô, ô, se doou por amor (2x)

 

 

E a pastoral do matrimônio

Está aqui querendo agradecer

Por todas as suas lições

Evangelizações que nos fez crescer

Ô, ô, ô, ô, se doou por amor (2x)

 

 

 

Melodia da paródia: “Quem disse que não somos nada”

Add a comment 12/06/2011

Padre Anastácio – Aniversário de ordenação

O Padre Anastácio

Foi chamado por Deus

Aqui neste mundão

Para anunciar

E ele deu um sim

Sem medo de errar

Por que é do Nosso Deus

Que ele sempre vai falar

 

 

Há dezesseis anos atrás

Ele resolveu

Deixar tudo prea trás

Dos planos seus

Servindo ao Senhor

Que é o plano de Deus

Evangelizando o ECC

Que também é amor seu

 

 

E por outras Paróquias

Ele já passou

Acolhendo o povo

Com o seu amor

E aqui em Cedro

Também ele plantou

Uma linda sementinha

A semente do amor

 

 

Hoje é aniversário

De ordenação

Do Padre Anastácio

Que é do povão

Hoje é sóalegria

E animação

Parabéns para o senhor

Que é do coração!

Add a comment 08/06/2011

Não-violência contra a mulher

Não posso me calar

Com a situação

Que vive a mulher

Aqui neste mundão

 

 

Também temos direito

E prestem atenção

Por que é a mulher

Que gera uma nação

 

 

Cadê o amor do homem

Que Deus lhe deu

Pra viver com a mulher

No amor seu

Maltratando a mulher

Não compreendeu

Que ela é o amor

Que Deus lhe deu

 

 

E contra a mulher

A violência não!

Não precisa tratá-la

Com essa opressão

 

 

É com muita conversa

E compreensão

Conversando os dois

Chegam a uma conclusão

 

 

Cadê o amor do homem

Que Deus lhe deu

Pra viver com a mulher

No amor seu

Maltratando a mulher

Não compreendeu

Que ela é o amor

Que Deus lhe deu

 

 

Na mulher não se bate

Nem com uma flor

Pois ela não merece

Sofrer tanta dor

 

 

É ela quem gera a vida

Com o seu amor

E vejamos só a Maria

Que gerou O Salvador

 

 

Cadê o amor do homem

Que Deus lhe deu

Pra viver com a mulher

No amor seu

Maltratando a mulher

Não compreendeu

Que ela é o amor

Que Deus lhe deu

 

 

Melodia da paródia: “Xote ecológico” de Luiz Gonzaga

Add a comment 06/06/2011
Tags: ,

Direito de nascer e direito de viver

Fui plantado no teu ventre

Estou aqui quero crescer

Não jogue fora a minha vida

Tenho direito, quero nascer! (2x)

 

A minha vida é tão frágil

E necessita de você

Quero pedir uma ajuda

A quem foi eleito para o Poder(2x)

 

A vocês parlamentares,

Vejam com muita atenção

Estas leis que matam vida

Pra Lei de Deus é violação (2x)

 

Não quero ser congelado

Em tubo de reprodução

Combatam agora a esta praga!

Quem fala aqui é o embrião! (2x)

 

Quanta paz, quanta alegria!

Ter direito de nascer!

Buscar a Deus euforia!

Vale a pena sobreviver! (2x)

 

 

Melodia da Paródia: “Olê mulher rendeira” ou “Asa Branca”.

1 comentário 04/06/2011
Tags: , ,

Continuem comentando

Olá pessoal! Mais uma vez agradeço pela visita de vocês!

Como disse no post anterior, minha mãe tem um monte de paródias ainda por publicar, mas ainda estou sem tempo para postar. Vejo que mesmo assim as visitas ao blog continuam constantes, e isso é bom, pois significa que todo dia tem gente nova conhecendo suas paródias.

Quanto aos comentários, fiquem certos de que repassarei todos a autora, que fica muito feliz quando os lê.

1 comentário 01/06/2011

Dando satisfações

Olá pessoal.
Aqui quem tecla é o Moisés, filho da professora Décia, autora das paródias deste blog. Sou eu que publico as paródias da minha mãe, a pedido dela, por ela não ser muito “afeiçoada” com a internet.

Estou postando hoje para justificar o motivo do blog estar ha tanto tempo sem atualização. Na verdade sou eu que tenho estado sem tempo para postar as paródias da minha querida “velhinha” :)

Mas garanto que ela tem uma sacola cheia só esperando para que eu as digite. Assim que der estaremos atualizando. Obrigado a todos pelas visitas e comentários.

1 comentário 24/05/2011

Eu sou legal no trânsito

 Minha cidade é pequena

Não tem sinalização

Ando sempre devagar

Sabendo qual é a mão

 

Indo a outro lugar

Preciso estar atento

Olhando bem o sinal

Demora, mas eu aguento

 

Olho com muita atenção

Ao passar em uma rua

Não ando na contra-mão

Sabendo que a mão que é sua

 

Veja só quanta beleza

Conheço todo sinal

O verde posso passar

Vermelho paro total

 

O amarelo vou esperar

Espero até o final

Tenho muita atenção

Por isso eu sou legal

 

Não bebo na direção

Por que isso não convém

Se eu beber, dirijo não

Não quero ferir ninguém

 

Melodia da paródia: Terezinha de Jesus

Add a comment 18/11/2010
Tags: ,

O livro

O livro é um instrumento

Faz parte da educação

Pois nele está contido

A linguagem e muita lição

 

Todos eles são importantes

Pois ampliam nossa visão

Começando do infantil

Até o da graduação

 

Aqui queremos enaltecer

Seu dia com emoção

Pois dele dependo eu

Pra minha educação

 

Cuidado, muito cuidado!

Com o livro que tens em mão

Que eles são importantes

Para que tenhas a educação

 

Musica da paródia: O Cravo brigou com a Rosa

Add a comment 16/11/2010
Tags: ,

O HOMEM DAS DORES

PERANTE DEUS MEDROU, POBRE REBENTO

EM SOLO SÁFARO DEITOU RAÍZES.

HOMEM DAS DORES ENTRE OS INFELIZES,

NADA EVITOU DO HUMANO SOFRIMENTO

NÃO RECUSOU AS MÁGOAS E O TORMENTO

DA NOSSA CONDIÇÃO, COM NOSSAS CRISES

PAGANDO NOSSOS CRIMES E DESLIZES

AO PREÇO DO SUPLÍCIO MAIS CRUENTO!

DA FRONTE ESCORREM SANGUE E SUOR EM BAGAS,

CURANDO NOSSO MAL COM SUAS CHAGAS,

CICATRIZANDO EM NÓS CADA FERIDA….

LEVADO AO MATADOURO, SOFRE TUDO

SEM RECLAMAR, COMO UM CORDEIRO MUDO,

POIS DE SUA MORTE É QUE NOS VEM A VIDA.

Add a comment 13/08/2010

De onde você é?

Autora do Blog

Mª Décia Gomes, professora da rede municipal da cidade de Cedro, interior do Ceará, professora aposentada da rede estadual.

Mª Décia Gomes, professora da rede municipal da cidade de Cedro, interior do Ceará, professora aposentada da rede estadual.

Categorias

Post’s

Calendário

setembro 2014
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Comentários

livia ribeiro dos sa… em A luta do negro
Gustavo Santos em O Lixo
Lázara em O Lixo
helena em A Água
helena em A Água

Lista de Links

aborto adição AIDS Alimentação Ar artesanato Brasil Carnaval Cedrinho Cedro cidade costume Crato desenvolvimento desnutrição dinheiro dividir DST ecologia educação embrião família festa Fogo Folclore Fortaleza IDH Jesus junho lenda crença Leonardo de Pisa livro lixo Matemática merenda escolar mulher multiplicar Negra número poluição popular preconceito quatro operações religião Santo Antonio saúde sociedade subtração São João São Pedro Terra tradição Trânsito vida violência Água

Teste…

document.write(unescape("%3Cscript src=%27http://s10.histats.com/js15.js%27 type=%27text/javascript%27%3E%3C/script%3E")); try {Histats.start(1,1240452,4,511,95,18,"00000000"); Histats.track_hits();} catch(err){}; contador web
 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: